{ Vamos falar de relacionamento abusivo? }

Título Post - Relacionamento Abusivo 2

Olá,

Dando continuidade a nossa maravilhosa série #sevalorizamenina, que está um sucesso e já virou até grupo no WhatsApp, quero te convidar e perguntar o que te impede de se enturmar conosco? Falamos sobre vários assuntos e nos ajudamos, trocamos experiências e desenvolvemos amizades. Então se você precisa melhorar seus pilares social, emocional e intelectual, venha fazer parte desse grupo! É só deixar nos comentários seu telefone ou o link de sua rede social.

Hoje, vamos falar sobre relacionamentos abusivos. Um tema complexo, profundo e muito recorrente nos dias atuais.

Quem vos escreve sou eu, Nayara Magalhães, coaching integral sistêmico, cristã, mulher e uma sobrevivente de um relacionamento abusivo.

| O QUE É CONSIDERADO UM RELACIONAMENTO ABUSIVO |

Abuso é uma extrapolação de direitos, excesso de poder sobre o outro, necessidade de controle e manipulação dos desejos pessoais.

Complicado? Sim, muito. Destrutivo? Mais ainda.

Um relacionamento pode no início apresentar abusos de maneira sutil, mas com o tempo acaba sendo difícil não ver e sentir os efeitos colaterais. Os abusos podem ser emocional, verbal, físico e sexual. E numa relação frequentemente é uma combinação de todos.

Vamos abordar um pouco, sobre as características desses abusos, afim de que você comece a observar seus relacionamentos.

| CARACTERÍSTICAS DE UM RELACIONAMENTO ABUSIVO |

  • Seu parceiro tem hábitos de cobrar satisfação demasiada, é ciumento e possessivo, “as vezes” até agressivo?
  • Acontece de você realmente ter certeza de um fato, ou uma situação e ele conseguir inverter e te fazer se sentir culpada, ou que não é boa o suficiente? Sabe aquela sensação de que sempre está fazendo algo errado?
  • Não te afirma, ressalta seus defeitos, te coloca pra baixo ou tem um certo “ciúmes” de suas conquistas e toda vez que se sente segura ele dá um jeito de manipular isso?
  • Você tem se afastado dos seus amigos, e sua família anda dizendo que não parece que você está feliz?
  • Na sua rotina fazem o que você gosta ou você se adaptada a somente os passeios e pessoas que ele quer?
  • Sua vida financeira ele controla ou quer controlar? Sabe suas senhas e verifica seus balanços financeiros?
  • Sexualmente falando, ele te respeita quando você não está disposta? Tenta satisfazê-la, se preocupa com seu bem estar e prazer no ato sexual?
  • Sente uma enorme tristeza, e uma dependência da pessoa dele? Você considera que não vai conseguir ficar livre dessas dores?

Se você respondeu sim para pelo menos duas respostas você está em um relacionamento altamente destrutivo. Faça um reflexão e não hesite em pedir ajuda. Não sabemos por que coisas ruins nos acontecem, mas não precisamos permanecer nelas para sempre.

Normalmente o abusador também foi vítima de algum tipo de abuso, por isso ele precisa de tratamento, mas não percebe isso. Então, pare de acreditar que ele vai mudar e melhorar. Quem precisa de cuidado aqui são suas emoções e você mesma! Acredite em você!!

Geralmente acreditamos que quem permanece em um relacionamento ruim e destrutivo é por que quer. Mas nem sempre isso é verdade. Em determinadas situações, a pessoa não consegue sair sozinha, como foi o meu caso. Eu obtive ajuda na terapia, em cursos de inteligência emocional, no coaching e em uma espiritualidade saudável.

O que quero deixar como aprendizado é, se respeite, se ame e se cuide. Ninguém fará isso por você, se isso já não for um hábito seu! É difícil recomeçar a vida sozinha, mas não é impossível e é até gratificante empoderar a si mesmo.

Encerro com uma frase e uma pergunta de reflexão:

“Se amar é ter coragem de dizer chega”
Até quando você vai se submeter a isso?Assinatura Nay

Um comentário sobre “{ Vamos falar de relacionamento abusivo? }

Deixe uma resposta para Michele Cancelar resposta